Search
  • Dra. Fernanda Sartori

Psiquiatria & Arte - O caso Amy Winehouse


Amy Winehouse foi uma cantora e compositora britânica conhecida por sua voz rouca e forte, por misturar gêneros como soul, jazz e R & B de maneira única, mas também por ter tido uma vida muito conturbada. __________ Quando criança Amy tinha um temperamento forte e era difícil de lidar. Nessa época, o pai assumiu um romance extra-conjugal e saiu de casa. Isso foi de grande impacto na vida de Amy, que sempre foi muito apegada a ele, idolatrando-o e constantemente necessitando de sua aprovação. ___________ Na adolescência era rebelde, não respeitava limites e começou a apresentar preocupação exagerada com sua imagem pessoal e peso. Chegou a confessar para a mãe que havia descoberto uma nova “dieta”— vomitar depois que tivesse se alimentado. ___________ Aos 18 anos Amy já tinha contrato com uma gravadora e logo após lançou seu primeiro álbum, “Frank”. Até o lançamento de seu segundo álbum, “Back to black”, Amy passou por uma fase altamente auto-destrutiva, consumindo bebida alcoólica e drogas ilícitas de maneira abusiva e emagrecendo cada vez mais, ficando com aspecto doentio. Nessa fase conheceu Blake, que acabou sendo a inspiração para composições tão ricas que Amy fez mais tarde só que, por outro lado, acelerou a deterioração de sua saúde mental. ___________ Amy desenvolveu um amor patológico por Blake. Em várias de suas músicas podemos perceber a sua obsessão apesar dos prejuízos que ele trouxe. A imprensa acabou se aproveitando da polêmica que era o relacionamento deles, constantemente divulgando-os com aspecto de intoxicados e machucados devido às brigas e auto-mutilação. __________ Apesar ter escrito “Rehab” (onde ela diz que NÃO irá para a reabilitação) até o final de sua vida Amy internou-se várias vezes em instituições psiquiátricas e de reabilitação.

▪️Mesmo recebendo assistência profissional, infelizmente, após curtos períodos de calmaria, ela sempre voltava ao padrão de alta instabilidade emocional e da auto-imagem e de auto-destruição que, somados às consequências da dependência química e do transtorno alimentar, levaram-a a falecer aos 27 anos. ____________

Amy Winehouse sofria do que chamamos em Psiquiatria de Transtorno de Personalidade Borderline (TPB).

👉🏻Os indivíduos que tem esse transtorno de personalidade costumam apresentar as seguintes características: - um padrão difuso de instabilidade: no seu humor, no seu comportamento, nos relacionamentos, na auto-imagem - Baixa tolerância a frustração - Sentimento crônico de vazio - Esforços desesperados para evitar abandono real ou imaginário - Relacionamentos conturbados — principalmente porque são pessoas que vão de um extremo de idealização e dependência emocional de alguém até o extremo oposto, o do ódio. - Não conseguem tolerar a idéia de ficarem sozinhos e preferem uma busca frenética por companhia, sem importar o quanto ela lhe seja satisfatória, muitas vezes assumindo comportamento promíscuo ou confiando em pessoas que não são realmente amigos - instabilidade acentuada e persistente da visão e percepção de si mesmo - Impulsividade intensa, principalmente relacionada a comportamentos auto-destrutivos (gastos, sexo, abuso de substâncias, compulsão alimentar) - Raiva intensa e desproporcional, dificuldade em controlá-la, geralmente levando-os a ter “ataques de raiva” e envolvimento em brigas e agressões. - Comportamento suicida e tentativas de suicídio recorrentes

Como comumente acontece em pessoas com TPB, Amy tinha transtornos comórbidos: Transtorno alimentar (no caso, Bulimia Nervosa e Anorexia nervosa) e Transtorno por Uso de Substâncias.

______________

🎥 Indico o documentário “Amy”, do diretor Asif Kapadia, tanto para quem gosta de Amy Winehouse, quanto para quem se interessar em observar melhor a manifestação dessa sintomatologia.


#transtornodepersonalidadeborderline #transtornodepersonalidade#impulsividade #instabilidadeemocional #comportamentosuicida#transtornoalimentar #dependenciaemocional #dependenciaquimica#psiquiatria #psiquiatracuritiba #psiquiatriaearte #amywinehouse

10 views
 

©2019 by Dra. Fernanda Sartori Psiquiatra. Proudly created with Wix.com